Como fazer o bebê dormir sozinho no berço

Como fazer o bebê dormir sozinho no berço

Berço tem espinho. Para muitos bebês isso até parece ser verdade. Depois de todo o trabalho que os pais têm para fazê-lo dormir, é só colocar no berço para começar a choradeira e então se volta ao ponto inicial.

E os recursos desesperados por uma simples noite de sono são os mais variados: passar com ferro o berço para esquentar, amamentar novamente, reforçar a mamadeira, colocar no carrinho e andar pela casa, embalar novamente, e o bastante usado: deixar o bebê dormir no quarto e até na cama junto com os pais.

Existem também os bebês que simplesmente só dormem quando estão no colo ou no peito, e qualquer movimento para além desses dois lugares já é o estopim para ele acordar.

Para quem já não sabe mais o que fazer para o bebê dormir sozinho no berço, até mesmo no próprio quarto, antes de buscar subterfúgios que só vão trazer malefícios para o seu bebê, continue lendo e saiba algumas dicas de como ter suas noites de sono mais tranquilas em menos tempo que se espera.

 

Bebês precisam aprender a dormir no berço

Todo bebê tem o potencial de ser um bebê dorminhoco desde cedo. No entanto, da mesma forma que ele precisa aprender a mamar e tantas outras coisas que você deve mostrar como se faz, dormir também funciona assim.

Com muita paciência, logo nos primeiros dias de vida do bebê, é preciso que ele vá se acostumando a dormir sozinho, no berço. Logo de início pode ser difícil, ainda mais para quem passou 9 meses aconchegado e quentinho dentro do útero, é normal estranhar todo aquele espaço.

Lembre-se que ele é tão ou mais inexperiente que você nesse negócio de dormir sozinho e que vai depender da sua ajuda inclusive para ensiná-lo que aquela é a hora certa e o berço, o lugar ideal.

Uma dica é usar aquela técnica do charutinho. Ainda na maternidade, as enfermeiras podem ensinar como fazer e no YouTube existem vários vídeos mostrando o passo a passo. No primeiro mês, o bebê se sente mais protegido assim, o que irá facilitar para ele ficar no berço.

 

Criar um ritual do sono

Criar uma rotina da hora de dormir pode ser um processo mais simples do que se pode pensar. Quanto mais cedo ela for implementada, melhor. E tenha sempre em mente que o bebê vai aprender tão logo você ensinar.

Estipule um horário para o sono noturno do bebê. A sugestão é fazer isso assim que começar a anoitecer, entre 17h30 à 18hs.

Dê um banho relaxante, bem quentinho. A temperatura deve ser testada antes de colocar o bebê, com o ideal estando por  volta dos 37°C. Existem termômetros específicos para isso ou você pode testar com o dorso da mão.

Para tornar a experiência ainda melhor, deixe todas as coisas de que vai precisar por perto: sabonete, toalha, fralda, troca de roupa. É importante que o ambiente esteja aquecido também.

Durante o banho, converse com ele e faça massagens leves, isso ajuda a acalmar.

Amamente seu filho ou dê a última mamadeira, faça-o arrotar e procure falar o mínimo possível e baixo, para não agitá-lo.

Ainda com ele acordado, mas quase adormecendo, coloque-o no berço calmamente. Para ajudar, deixe tocando uma música ou um som calmo e as luzes o mais escuro possível.

Se quiser deixar uma luz no quarto, escolha a que ilumine pouco ou quase nada, assim seu bebê irá produzir a melatonina, hormônio do sono que é produzido durante o escuro.

 

E se o bebê chorar

Se depois de todo o ritual, o bebê acordar chorando, o que pode acontecer, vá até o quarto, mas não tire ele do berço. Calmamente, converse com ele e faça carinhos para tranquilizá-lo. Aos poucos, ele voltará a dormir.

 

Curso Bebê Dorminhoco

Quer aprender com uma consultora do sono do bebê como criar o ambiente perfeito para o seu bebê dormir, assim como a rotina certa para ter noites de sono tranquilas e restauradoras, tanto para você, como para ele?

Então você precisa conhecer o curso Bebê Dorminhoco, acesse o site e as redes sociais e veja depoimentos de mães que estão muito felizes e descansadas com seus bebês.

Share

Karla Mendonça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *