Bebê pode dormir no carrinho?

Bebê pode dormir no carrinho?

O carrinho é aquele item essencial do enxoval e é preciso avaliar muita coisa antes de comprar um. É muito prático para passeios ou quando se vai com o bebê em algum lugar e precisa ter as mãos livres.

Aliás, passear com o bebê no carrinho ao ar livre vai inclusive auxiliar a mamãe na prática de exercícios físicos, o que é muito bom para quem não vai ter mais tanto tempo disponível para isso.

Outra utilidade, muito usada por mães, pais, tias, avós, é fazer o bebê dormir no carrinho. Quantas vezes não vimos algum deles no movimento de vai e vem, para tentar que o bebê durma, muitas vezes para iniciar o processo do sono.

Aliás, há quem o utilize para a prática de co-sleeping, quando os pais querem que seu bebê durma em seu quarto e não cabe o berço, então eles escolhem o acessório como lugar para o bebê dormir ao lado de sua cama.

Em um fórum do site Baby Center Brasil, muitas mães afirmaram terem comprado o carrinho com a intenção de deixar no quarto delas para os bebês  dormirem nos primeiros meses de vida.

Agora, será que o carrinho realmente é bom para o bebê dormir a noite toda? Quais malefícios essa prática pode causar ao bebê, tanto física, quanto psicologicamente?

 

Os perigos e desconfortos de deixar o bebê dormir no carrinho

Se for para as sonecas do dia, que em geral têm pequena duração, até pode ser válido deixar o bebê dormir, desde que se tome todos os cuidados de segurança necessários, como colocar o cinto de proteção para o bebê não cair e apenas nos primeiros meses de vida quando o bebê ainda não se mexe muito e sempre sob supervisão.

Em um outro fórum do Baby Center, uma mãe contou que seu bebê escorregou e caiu do carrinho durante a noite, mesmo estando do lado da cama dos pais. Isso mostra que é arriscado fazer isso.

Também, evitar deixar em locais muito quentes ou muito frios e não usar travesseiros, cobertores, mantas e bichinhos, que podem ser a causa de asfixia.

Outro cuidado é a respeito da inclinação do carrinho. O bebê deve estar com o corpo esticado, evitando que ele dobre a cabeça sobre o pescoço.

A afirmação que não há nada como a nossa cama é válido da mesma forma para os bebês. Mesmo que consigam dormir em outros lugares, o que aliás é bom, com certeza eles ficarão muito mais confortáveis e se sentirão mais seguros, quando estiverem no próprio berço. Sem falar que ninguém quer dormir amarrado com um cinto a noite toda, não é mesmo?

Seguindo esse mesmo pensamento, a estrutura dos carrinhos não foi feita com a mesma que os colchões dos berços. Eles possuem emendas e dobras, que os tornam desfavoráveis para a coluna do bebê, e pode ocasionar problemas.

 

Usar o carrinho para fazer o bebê dormir

Essa técnica pode ser interessante quando o bebê não estiver em casa e chegar a hora da soneca ou para acalmá-lo durante o dia, porém a noite, o melhor é ter uma rotina para a hora de dormir que não envolva o carrinho, mas sim o próprio berço.

Acostumar o bebê a só dormir quando for embalado dentro do carrinho pode prejudicar a manutenção do sono noturno e o bebê deixa de entender, que ele tem a capacidade de dormir sozinho e bem. Além disso, o ato de ter que transferir do carrinho para o berço pode interromper o processo de sono deixando o bebê irritado.

 

Aprenda a criar uma rotina de sono

Uma rotina igual todos os dias vai ajudar seu bebê a entender que é hora de ir para a caminha. Ao anoitecer, dar um banho, colocar o bebê no berço e apagar a luz são alguns sinais que vão deixa-lo mais relaxado e pronto para o sono noturno.
E lembre-se: uma rotina bem organizada durante o dia faz toda diferença na noite do seu bebê.

Conte com nossa orientação (link clicável que vai direto para o curso de sono).

Share

Karla Mendonça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *