Meu bebê está dormindo o tanto que precisa?

bebe dormindo

Dormir é uma necessidade vital e importantíssima para o desenvolvimento de bebês e crianças.  E então começa a preocupação das mamães: Será que meu bebê está dormindo o tanto que precisa?

Então vamos lá, primeira coisa: Qual a necessidade MÉDIA de sono do seu bebê?

Recém-nascido a 3 meses: 16 a 19 horas de sono (Sono noturno + Sonecas)

4  a 12 meses: 12 a 16 horas (Sono noturno + Sonecas)

1 a 2 anos: 12 a 14 horas (Sono noturno + Sonecas)

3 a 5 anos: 11 a 13 horas (Sono noturno + Soneca)

É importante lembrar que essa é uma necessidade media e o mais importante são os sinais de sono do seu bebê. Um bebê descansado fica feliz e tem um tempo acordado de qualidade.

Se você percebe que seu bebê está dentro da faixa de sono descrita acima mas não está ficando descansado, então talvez ele precise de mais sonecas, ou sonecas mais longas ou de ir para a cama mais cedo.

Lembre-se: crianças e bebês dormem cedo! Cedo que horas? Geralmente as 19hs ou 20hs, depende do bebê e da rotina da família.

Mas meu marido só chega do trabalho as 22 horas e gostaria muito que ele desse o banho e colocasse o bebê para dormir. A pergunta aqui é: Você deixaria seu filho sem jantar, com fome para esperar o papai chegar? Não, claro que não. Então o mesmo se aplica ao soninho. Não deixe seu bebê irritado e com privação de sono. Coloque-o para dormir no mesmo horário todos os dias e no horário que ele demonstrar sinais de sono (Respeite o ciclo biológico do seu bebezinho). Assim ele vai acordar bem cedinho e totalmente disposto para brincar com o papai antes dele ir para o trabalho.

 

Como resgatar o sono natural, profundo e relaxante do seu bebê?

Se você chegou até aqui, imagino que a situação aí esteja difícil, não é? Eu sei como é esse desespero para buscar informações que nos tragam a resposta que precisamos para fazer o nosso bebê dormir bem e podermos, finalmente, curtir a maternidade.
Pois bem, pensando nisso eu criei um artigo completo contando a minha história, os erros que cometi e, o melhor, como eu saí ‘dessa’.
Para acessar agora, aperte o dedo no link abaixo e depois me conta o que achou, tá?

Share

Karla Mendonça

Deixe um comentário