Como fazer o bebê dormir no carrinho?

Portrait of a cute happy mom and stroller with her baby

A chegada de um bebê é um momento que mistura magia, alegria, felicidade com preocupações e medos. Isso é perfeitamente normal. 

Além de ser delicioso ter um bebê em casa e apreciar cada etapa do desenvolvimento, ainda sim existem as preocupações de como esse bebê deve ser cuidado. O que eu posso e não posso fazer? Ele pode dormir fora do berço? Como devo fazer o bebê dormir? Como fazer o bebê dormir no carrinho?

São muitas dúvidas normais e que principalmente os pais de primeira viagem vão ter.

A hora de dormir às vezes é estressante, difícil e muito cansativo, mas tem solução.

Sobre fazer o bebê dormir no carrinho, existem algumas controvérsias. 

Vamos entender um pouco mais sobre os carrinhos de bebê antes de falar sobre o soninho do pequeno.

 

Vantagens e desvantagens do uso do carrinho de bebê

O carrinho é aquele item essencial do enxoval e é preciso avaliar muita coisa antes de comprar um. É muito prático para passeios ou quando se vai com o bebê em algum lugar e precisa ter as mãos livres.

Aliás, passear com o bebê no carrinho ao ar livre vai inclusive auxiliar a mamãe na prática de exercícios físicos, o que é muito bom para quem não vai ter mais tanto tempo disponível para isso.

Outra utilidade, muito usada por mães, pais, tias, avós, é fazer o bebê dormir no carrinho. Quantas vezes não vimos algum deles no movimento de vai e vem, para tentar que o bebê durma, muitas vezes para iniciar o processo do sono.

Aliás, há quem o utilize para a prática de co-sleeping, quando os pais querem que seu bebê durma em seu quarto e não cabe o berço, então eles escolhem o acessório como lugar para o bebê dormir ao lado de sua cama.

Em um fórum do site Baby Center Brasil, muitas mães afirmaram terem comprado o carrinho com a intenção de deixá-lo no quarto delas para os bebês dormirem nos primeiros meses de vida.

Agora, será que o carrinho realmente é bom para o bebê dormir a noite toda

Se for para as sonecas do dia, que em geral têm pequena duração, até pode ser válido deixar o bebê dormir, desde que se tomem todos os cuidados de segurança necessários, como colocar o cinto de proteção para o bebê não cair e apenas nos primeiros meses de vida quando o bebê ainda não se mexe muito.

É importante que a escolha dessa opção seja supervisionada e todos os cuidados para evitar um acidente sejam levados em consideração.

Evitar deixar em locais muito quentes ou muito frios e não usar travesseiros, cobertores, mantas e bichinhos, que podem ser a causa de asfixia.

Outro cuidado é a respeito da inclinação do carrinho. O bebê deve estar com o corpo esticado, evitando que ele dobre a cabeça sobre o pescoço.

A afirmação que não há nada como a nossa cama é válida da mesma forma para os bebês. Mesmo que consigam dormir em outros lugares, o que aliás é bom, com certeza eles ficarão muito mais confortáveis e se sentirão mais seguros, quando estiverem no próprio berço. 

Seguindo esse mesmo pensamento, a estrutura dos carrinhos não foi feita com a mesma que os colchões dos berços. Eles possuem emendas e dobras, que os tornam desfavoráveis para a coluna do bebê, e podem ocasionar problemas.

 

Use o carrinho para fazer o bebê dormir ocasionalmente

Fazer seu bebê dormir no carrinho pode ser interessante quando o bebê não estiver em casa e chegar a hora da soneca ou para acalmá-lo durante o dia, porém a noite, o melhor é ter uma rotina para a hora de dormir que não envolva o carrinho, mas sim o próprio berço.

Acostumar o bebê a só dormir quando for embalado dentro do carrinho pode prejudicar a manutenção do sono noturno e o bebê deixa de entender, que ele tem a capacidade de dormir sozinho e bem. Além disso, o ato de ter que transferir o bebê do carrinho para o berço pode interromper o processo de sono, deixando o bebê irritado.

 

Como resgatar o sono natural, profundo e relaxante do seu bebê?

Se você chegou até aqui, imagino que a situação aí esteja difícil, não é? Eu sei como é esse desespero para buscar informações que nos tragam a resposta que precisamos para fazer o nosso bebê dormir bem e podermos, finalmente, curtir a maternidade.
Pois bem, pensando nisso eu criei um artigo completo contando a minha história, os erros que cometi e, o melhor, como eu saí ‘dessa’.
Para acessar agora, aperte o dedo no link abaixo e depois me conta o que achou, tá?

 

Crie uma rotina de sono sem o carrinho

O quarto deve ser o refúgio da criança, e precisa ser calmo e preparado para proporcionar o relaxamento do bebê com iluminação adequada, decoração que não ofereça excesso de estímulos, colchão, berço… 

Esses detalhes são essenciais para o surgimento de uma rotina de sono de sucesso.

Outro ponto bastante importante da rotina de sono do bebê são as sonecas, uma ferramenta essencial para os pais de um recém-nascido. A premissa dos períodos de sono durante o dia é que, ao dormirem durante a manhã e à tarde, os bebês fiquem mais calmos na parte da noite e consigam dormir melhor e mais rapidamente. 

 

Share

Avatar
Karla Mendonça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *