Birra por causa do celular

kid on stress mood WDSN3Q6 scaled

É perfeitamente normal, que em alguma fase do seu filho, ele faça birra. Seja por não querer dormir, se vestir, por não querer comer determinados tipos de alimentos ou por não querer sair da TV ou celulares e Tablets.

Antes de explicar como lidar com as birras do seu filho por causa de celular, vamos entender o porquê as crianças têm essa atitude e até que ponto é normal.

No caso do uso de telas, sejam celulares, TV, tablets e computadores, as crianças costumam ter um comportamento não adequado quando usado esses estímulos de maneira inadequada.

Existem muitos estudos que comprovam o quanto o uso de telas causa dependência e não ajudam em nada o desenvolvimento das crianças.

Os pais acabam utilizando os aparelhos eletrônicos como maneira de diminuir a birra dos filhos e essa atitude contribui para a criação de crianças e adolescentes intransigentes, que crescem frustradas e não sabem lidar com os problemas.

Muitos especialistas alertam que crianças e bebês devem ter o tempo de tela limitado. A Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda um máximo de uma hora de tela por dia para crianças de 2 a 5 anos de idade. Bebês com menos de 18 meses devem evitá-lo completamente. 

Os pais precisam gerenciar o tempo de uso desses aparelhos com sabedoria para não estimular ainda mais as birras das crianças.

Sabemos que o comportamento da criança está muito ligado ao dos pais e que as birras chegam a algum momento ou outro na vida das crianças. É preciso que os pais cuidem de suas emoções, comportamentos e ambiente familiar, para poder ajudar a criança a lidar com as frustrações e as emoções. Sabemos também que as birras dos pequenos chegam durante um momento de estresse, como por exemplo, divórcio, a chegada de um irmãozinho, mudança de casa, escola ou rotina. Mas quando o assunto é celular e tablets, a maior causa das birras é pela dependência que os aparelhos causam nas crianças.

É importante compreender o quanto o uso de telas está afetando o comportamento e o desenvolvimento da criança. Identifique se o tempo que seu filho passa com aparelho celular, tablets, TV ou computadores são adequados. Na maioria das vezes as birras acontecem quando os pais pedem que as crianças desligue o celular e vai fazer outra atividade, tarefa ou obrigação.

 

Como lidar com as birras na hora das crianças desligar o celular e tablets e como ajudar meu filho a superar essa fase de maneira positiva?

As crianças estão descobrindo as sensações desde o momento do nascimento, e uma delas é as brincadeiras. No mundo atual, as “brincadeiras” estão associadas a desenhos e jogos no celular e tablets.  É natural que as crianças recusem sair da TV, desligar o celular ou o tablet para fazer outras tarefas que não trazem tanto estimulo.

No momento da birra, os pais precisam manter a calma para não ceder às vontades da criança. 

É importante que os pais consigam fazer o que precisa ser feito no momento da birra ou até mesmo antes dela, e não cedam aos berros do pequeno só para “não passar vergonha ou ficar estressados e desmotivados”. Busque ter em mente que educar o seu filho é muito mais importante.

Também vale ressaltar que no momento de corrigir as birras, bater e falar mal nunca serão uma opção. Existem outros caminhos efetivos para conseguir resultados mais prolongados e duradouros e que melhoram ainda mais os vínculos entre pais e filhos.

Vamos entender agora, quais medidas devem ser tomadas para ajudar seu filho a se expressar sem birras e facilitar seu entendimento sobre as emoções do seu pequeno na hora de tirar o celular ou tablets.

 

O que está por trás das birras e como resolvê-las de forma sadia?

Eu não tenho bola de cristal, mas imagino que se você chegou até aqui é porque o comportamento do seu filho não deve estar te agradando e você não sabe mais o que fazer, não é?
Eu sei bem como é passar por isso, nos sentimos impotentes e até envergonhadas de nós mesmos por conta do mal comportamento de nossos filhos.
Eu gostaria de te convidar a acessar um artigo que eu preparei, no qual eu detalho o que está por trás das birras e como resolvê-las de forma sadia. No final das contas, buscamos mesmo é resgatar a admiração e a relação de amor com nossos filhos.
Dê uma olhada, vai te ajudar muito.

 

05 passos para lidar com as birras por causa de celular

Passo1: A birra na maioria das vezes é um pedido por limites. A criança precisa aprender que em alguns momentos vai ganhar o que deseja e também vai ter momentos em que não ganhará o que quer.  A criança precisa aprender a esperar por uma recompensa. Essa disciplina de ensinar seu filho a esperar o momento certo é algo valioso para o resto da vida. Principalmente para a vida adulta. No momento em que a criança precisa desligar o celular, é preciso ajuda-la a entender que naquele momento é preciso fazer outras coisas que são mais importantes que o uso do aparelho e que mais tarde ela poderá usar o celular.

 

Passo 2: Ensinar a criança a ser resiliente. Se decepcionar é algo que acontece com todos nós ao longo da vida, e sair mais forte das dificuldades é um comportamento muito útil para a vida e muito bom para ser aprendido logo na infância. O momento da birra pode ser uma oportunidade para esse aprendizado. Explicar para a criança o que ela pode aprender de positivo com a frustração momentânea e ajudá-la a compreender, vai fazer muita diferença. Às vezes tirar a criança do divertimento eletrônico pode ser difícil, este momento é bom para ensinar a resiliência e também responsabilidade para outras tarefas. 

 

Passo 3: No momento da birra é importante manter a calma e não demonstrar o quanto você está afetado pelo mau comportamento do seu filho, respire fundo. Mantenha-se firme no que acredita ser o melhor para a criança naquele momento. Por mais que às vezes não pareça, as crianças sentem-se seguras quando os pais se mantêm coerentes e fazem aquilo que dizem. 

Passo 4: Aguarde o momento crítico da birra passar  e quando estiver mais calma, tente conversar com a criança, explique a ela, com a linguagem mais fácil possível o porque ela recebeu um  “não” ou porque ela deve desligar a TV, o tablete ou o celular. 

Passo 5: E o mais importante de tudo, saiba ouvir seu pequeno, as crianças precisam sentir que são ouvidas e compreendidas pelos pais, e com certeza irão cada vez mais saber expressar as frustrações e os gostos através de boas conversas com o papai e a mamãe.

 

Share

Karla Mendonça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *