Bebê pode dormir sozinho?

Bebê pode dormir sozinho?

Depois de nove meses de preparação e espera, é completamente normal ficar apreensiva sobre qual lugar é o melhor para deixar o seu pequeno e indefeso bebezinho após sair da maternidade. Onde e como é mais seguro deixá-lo dormir: junto com você no mesmo quarto ou o bebê pode dormir sozinho?

Alguns pediatras aconselham que o bebê deva ficar perto dos pais até os 3 meses de idade, outros até os 6 meses e há quem deixe até completar 1 ano. Para isso, já foram criados berços próprios para colocar o bebê grudado na cama dos pais, entre outros recursos.

Os motivos para fazer isso são muitos. Os principais têm a ver com facilitar a vida da mãe, que precisa se levantar várias vezes durante a noite para atender às necessidades do bebê, e a redução do risco de morte súbita.

O conceito de cama e quarto compartilhado divide bastante a opinião dos especialistas, porém é sabido que filhos que passam mais tempo dormindo no quarto com os pais têm mais dificuldade na hora da transição e de adquirir autonomia.

Não é errado que o bebê durma com os pais, mas ele também pode dormir sozinho no quarto e isso pode ser bem positivo para seu desenvolvimento.

 

BEBÊS PODEM APRENDER A DORMIR SOZINHO NOS PRIMEIROS MESES

A verdade é que seu bebê nasce pronto para dormir no quarto dele SOZINHO, no berço, e só precisa de uma ajuda e um incentivo da sua parte para aprender a fazer isso muito antes do que se imagina. E não significa nenhuma maldade ou frieza da sua parte.

Se desde os primeiros dias o seu bebê for colocado no próprio berço, montado naquele quartinho, que você passou parte da gestação arrumando, organizando e decorando, ele irá se acostumar com mais facilidade.

Para isso acontecer, é preciso ter constância e um pouco de paciência no comecinho. Isso porque seu bebê precisa regular o ciclo circadiano, produzir melatonina e se adaptar ao ritmo do novo ambiente e da família.

A principal recomendação de médicos e especialistas em relação a ensinar o bebê a dormir sozinho está totalmente ligada a criar uma rotina de sono, devendo ser feita todas as noites, praticamente na mesma hora, por um longo período da vida do bebê.

 

A IMPORTÂNCIA DA ROTINA DO SONO DO BEBÊ

Em uma coisa médicos e especialistas concordam: os bebês precisam de rotina. Ter um padrão para que todas as coisas aconteçam ajuda o cérebro do bebê a associar determinadas ações a certos comportamentos.

Quando se fala no sono do bebê, ter uma rotina é essencial para que ele aprenda a dormir sozinho por mais horas gradativamente, chegando a 11 ou até 12 horas seguidas, sem interrupções para as mamadas.

Preparar atividades como dar um banho, fazer uma massagem, vestir uma roupa confortável, amamentar, acalentar, cantar e colocar no berço quase adormecido fazem parte de um aprendizado, que deve fazer parte da vida de toda a família.

Você vai reparar que com o passar do tempo, seu bebê começa a entender o que está acontecendo e a hora de dormir se torna uma parte agradável do final do dia.

Sendo assim, podemos afirmar que o bebê pode dormir sozinho e, com todos os cuidados necessários, essa prática desde o nascimento faz muito bem para o desenvolvimento do seu bebê.

 

Como resgatar o sono natural, profundo e relaxante do seu bebê?

Se você chegou até aqui, imagino que a situação aí esteja difícil, não é? Eu sei como é esse desespero para buscar informações que nos tragam a resposta que precisamos para fazer o nosso bebê dormir bem e podermos, finalmente, curtir a maternidade.
Pois bem, pensando nisso eu criei um artigo completo contando a minha história, os erros que cometi e, o melhor, como eu saí ‘dessa’.
Para acessar agora, aperte o dedo no link abaixo e depois me conta o que achou, tá?

Share

Avatar
Karla Mendonça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar todos”, você concorda com o uso de TODOS os cookies. No entanto, você pode visitar "Configurações de cookies" para fornecer um consentimento controlado.