Bebê pode dormir com naninha?

A portrait of a baby boy with grey eyes. He is holding a colorful baby dummy in his mouth

A chegada de um bebê é muito emocionante para muitas famílias. Com essa chegada também surgem muitas dúvidas, medos e preocupações  em como cuidar do bebê. É comum que os pais tenham dúvida na hora de colocar o bebê para dormir. Se o bebê pode dormir de bruços, barriga para cima ou de lado ou se é apropriado colocar para dormir no carrinho, bebê conforto junto com uma naninha ou não.

Mas será que é seguro o bebê dormir com naninha? E como fazer o bebê dormir com a naninha?

Vamos entender melhor no decorrer deste artigo como proceder sobre a naninha do bebê sem prejudicar a segurança do seu pequeno.

Os panos para dormir, mais conhecidos como naninhas, são chamados pelos especialistas como objetos transicionais ou de transição, que costumam dar uma sensação de segurança para a criança na hora de dormir. É como um substituto temporário dos pais durante esse breve momento de afastamento.

Na internet, existem muitos vídeos ensinando a técnica do paninho para fazer o bebê dormir e mostram êxito nesse processo, o que atrai o interesse de mães em usar essa ajuda para conseguir ter de volta uma noite de sono mais tranquila. Outras mães e avós têm o costume de deixar o pano sobre o rosto do bebê, como um paliativo.

A questão, porém, é saber se esses acessórios são realmente seguros e a partir de quanto tempo eles podem ser deixados no berço ou próximos ao bebê sem oferecer qualquer risco, especialmente ao que se refere à síndrome da morte súbita. Será que existe mesmo a necessidade de oferecer fraldinhas, paninhos ou bichinhos logo nos primeiros meses de vida do bebê?

 

É seguro manter acessórios e naninhas dentro do berço?

Colocar vários objetos fofinhos no berço é um hábito bastante corriqueiro, ainda mais com as várias opções oferecidas pelas lojas de artigos para bebês, os muitos outros artigos divulgados pela internet e o dom das tias, avós e madrinhas para fazer esses acessórios.

Associados à preocupação de garantir um certo conforto e o medo que os bebês se machuquem ou sintam frio, muitos pais tendem a encher o berço com os kits de berço. O principal problema a respeito disso é que quanto mais coisas dentro do berço, maior o risco de sufocamento, já que o bebê ainda não tem o reflexo de tirar caso se sinta incomodado.

O recomendado por especialistas é manter o berço livre de quaisquer objetos nos primeiros 12 meses de vida do bebê e ainda usar colchões firmes, evitando as espumas muito moles.

E os travesseiros? Esses também só devem ser usados após os 12 meses de vida do bebê.

E as mantas ou cobertores? também são recomendadas apenas a partir dos 12 meses. Uma dica é o uso dos sacos de dormir, que vão manter as mãos do bebê livres e sempre colocar o bebê de barriga para cima, a melhor posição contra a morte súbita.

 

Como devem ser os objetos e naninhas para o berço na hora do bebê dormir.

Como uma forma de segurança, os objetos recomendados devem ser pouco volumosos, macios, sem partes que se soltam e direcionados para cada fase do bebê. Reforçando, não deixe qualquer objeto que possa trazer o risco de sufocamento para o bebê.

Outro fator importante é que o material seja antialérgico e, se possível, tenha a alternativa de conseguir lavar periodicamente. Uma dica é ter outro igual ou parecido ou separar um dia bastante ensolarado ou dispor de uma secadora.

 

Métodos mais indicados para fazer o bebê dormir

Existem outras formas de fazer o bebê dormir sem precisar colocar panos ou bichinhos dentro do berço. Manter o ambiente o mais agradável e menos iluminado possível é uma das formas

aconselhadas. Outra maneira, é solicitar ajuda de uma especialista no sono do bebê, que vai orientar como fazer o bebê dormir tranquilo a noite toda, criando uma rotina favorável a toda família, tornando noites de sono em momentos prazerosos.

Share

Avatar
Karla Mendonça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *